quinta-feira, 3 de julho de 2014

É pecado atender a Missa do Novo Ordo?



Nossa reação imediata a tal questão é emocional: de raiva ou frustração em concordância de que a assistência á Missa Nova é incompreensível e pecaminosa; ou de compaixão, em concordância de que parece impossível que milhões e milhões de Católicos que assistem a mesma todos os Domingos, estejam pecando todas as vezes que a atendem. Nos dois casos consideram-se primariamente a moralidade subjetiva -a intenção da pessoa- antes de considerar a moralidade da ação, que é determinada pela razão do ato em si.

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Em tempos de copa: Minha seleção é a FSSPX futebol clube de Ecône


“Meu irmão, toca a bola!”

Por Fabrice Coffrini – AFP | Tradução: Fratres in Unum.com – Riddes, Suíça, 3 de junho de 2014 – A Fraternidade Sacerdotal São Pio X é uma sociedade católica tradicionalista fundada por Dom Marcel Lefebvre. Ela se tornou conhecida mais por suas posições ultraconservadores e seus atritos com o Vaticano, e menos por seus talentos futebolísticos.

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Honra e Glória ao acordo de Dom Williamson e seus padres indomáveis.


Créditos e fonte: Post Quam Nemo Dixit

Eis que Sua Excelência Reverendíssima o senhor Monsenhor Richard Williamson, o impávido e sereno guerreiro da Fé... 
cf: http://www.beneditinos.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=120:profissao-de-fe&catid=7:atualidades&Itemid=97

Faz algum tempo que não há nada de novo sob o sol da vaidade e do orgulho que ronda a dita resistência dos ditos fiéis que lutam contra a chamada Neo-FSSPX que em todos esses anos não vem mudando. Ao contrário da resistência e seus padres, que apesar de não terem nenhum sucesso entre os fiéis da FSSPX sempre conseguem uma boa platéia para seus shows pelo interior do Brasil. Em muitos desses locais onde as pessoas nunca tiveram nenhum contato com a FSSPX, claro somente assim para uma pessoa de boa vontade cair nos tangos intermináveis dos padres argentinos que insistem no conto do rei nu, ou seja, o dito acordo da FSSPX com Roma, que só os inteligentes podem ver, mas que podemos gritar hoje depois de tantos anos que nenhuma das ditas profecias se realizou e que mais, como o menino da fabula do rei gritou "O rei esta nu".

segunda-feira, 2 de junho de 2014

DOM FELLAY COLOCA OS PINGOS NOS “I”s




Apresentamos abaixo a conferência realizada por Dom Fellay em Fabrègues, no dia 11 de maio passado, sobre a situação da Igreja e da Fraternidade. A tradução, nossa, é passível de correções. 
**********
Pensei em apresentar como tema desta pequena conferência (o título): “Para onde vai a Igreja?” e, em seguida, como consequência, “para onde vai a Fraternidade?
Vocês sabem que circulam todos os tipos de rumores, sobretudo sobre a Fraternidade. Há até um movimento que nasceu, movimento de padres que pertenciam à Fraternidade e que, publicamente, têm atacado sua direção, dizendo que seria preciso resistir, que haveria desvios, que haveria intenções de associar-se à Roma modernista. Os termos utilizados são: “vender”, “vender a Fraternidade”, é “Judas”, é “traidor”, é “Dom Fellay se tornou modernista”, enfim, um pouco de tudo, todos tipos de termos extremamente violentos e muito fortes. Parece-me que a intenção dessa conferência não é responder a essas bobagens, pois são simplesmente bobagens, mas muito mais seriamente olhar o que está acontecendo na Igreja. Em seguida não será difícil entender o que ocorre entre a Fraternidade e Roma.
Gostaria, portanto, de começar por descrever um pouco onde está a Igreja e o que acontece com ela.

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Voltamos, e desta vez com a santa tradição Católica!

Paz e Bem!

Amados irmãos em Cristo, por volta de 2009 o Blog Exército Católico fora tirado do ar, devido ao periodo de transição ao tradicionalismo pelo qual passaram seus membros, dando lugar assim ao ''Apostolado Lumen Veritatis'' parte integrante da ''Resistência'' tradicionalista do Brasil que na verdade não resiste a nada senão a eles mesmos, pois bem, voltamos em pé de aplausos a tradição católica que nos foi passada pela FSSPX e seu santo fundador, Dom Marcel Lefebvre.

Lembrando sempre:

Não viemos para fazer números!!!
Aos que interessar, estaremos dispostos a tratar de assuntos relacionados a doutrina e fé.

Pedimos apenas que estejam conosco em união de orações, silêncio e recolhimento espiritual, não estamos aqui para fazer baderna com a santa Tradição da igreja, mas sim para leva-la aos que ainda não a conhecem com maior clareza.

Um fraterno abraço a todos.


In Corde Iesu Semper!


Giovanna Maria de Melo Machado

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Apologia Contra os cismas Eslavo-Bizantinos (Pequeno artigo)


Primado de jurisdição do Bispo de Roma (O Papa)

No ano de 95 d.C. a comunidade de Corinto passava por graves problemas. Neste mesmo ano São João, o último apóstolo vivo, foi desterrado para Patmos após sair ileso do suplício do 'azeite fervente'. Ora, Corinto era caminho obrigatório para Patmos. Pode-se imaginar o prestígio do apóstolo João, que passou por Corinto nesse período de dificuldades. Ora, o povo de Corinto não recorreu a João, mas a Clemente, bispo de Roma, para resolver suas tribulações. Se o bispo de Roma não tem primado de jurisdição, por quê recorreriam a Clemente (que era sucessor de Pedro) e não a João, o último apóstolo vivo? 

(apud. "A Igreja dos Apóstolos e dos Mártires". Henri Daniel-Rops. p. 237-239)

+++

"Cristão é meu nome e Católico é meu sobrenome. Um me designa, enquanto o outro me especifica. Um me distingue, o outro me designa. É por este sobrenome que nosso povo é distinguido dos que são chamados heréticos. 
(S. Paciano de Barcelona,† 392 d.C.)

sábado, 22 de março de 2014

Motu proprio summorum pontificum (Assistir ou não? eis a questão!)

Pe. Jacques Mérel, FSSPX
Traduzido da Revista Sel de la Terre, nº 70 (Couvent dela Haye-aux-Bonshommes, 49240, AVRILLÉ – FRANCE).
Na saída da capela, o padre discute com um fiel, Filipe, de 17 anos. Durante a conversa, Filipe conta como se passou o seu último fim-de-semana com amigos da região de Paris. Filipe diz que o grupo escolheu ir à missa dos ralliés²

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Aproximando-se do tempo de carnaval: Santa Margarida Maria de Alacoque


“Numa outra vez, no tempo de carnaval, apresentou-se-me, após a santa comunhão, sob a forma de Ecce Homo, carregando a cruz, todo coberto de chagas e ferimentos. O Sangue adorável corria de toda parte, dizendo com voz dolorosamente triste: Não haverá ninguém que tenha piedade de mim e queira compadecer-se e tomar parte na minha dor no lastimoso estado em que me põem os pecadores, sobretudo agora?”

Primeiras impressões: A FSSPX que conheci e que me acolheu.


Paz e Bem!

Em primeiro lugar, quero começar esta postagem agradecendo aos católicos da ''resistência'' por terem escarrado em minha face e me perseguido com acusações levianas e ridiculas, pois só assim eu pude abrir os meus olhos de modo a desejar conhecer com mais proximidade a verdadeira FSSPX, que jamais cogitou realizar ecumenismo com modernistas para angariar NÚMEROS realizando assim brigas politicas estadistas que a nada levam e muito menos elevam o espirito.

Neste domingo que se passou, pude conhecer o priorado Padre José de Anchieta, situado na Vila Mariana em São Paulo, nele, pude conhecer também um sacerdote piedosíssimo que no passado caluniei com duras palavras e fui completamente injusta, pois meu juízo sobre ele foi temerário e nem um pouco prudente, o Reverendo Padre Daniel Maret, homem que me fez enxergar com mais clareza os absurdos argumentos estapafúrdios da dita ''resistência'' para ACUSAR sem provas a FSSPX de acordista, sem nem ao menos conhecerem a realidade da mesma, caindo assim na lábia de pessoas desonestas, rebeldes e da língua grande.

Receba nossas atualizações no seu email: